Notícias e Releases

Navegação de categorias

Publicador de Conteúdos e Mídias

angle-left Do parafuso aos treinamentos, Ponsse Brasil oferece assistência completa
Voltar para

Do parafuso aos treinamentos, Ponsse Brasil oferece assistência completa

Além de vender as máquinas de colheita florestal, empresa se destaca na prestação de serviços, treinamentos, tecnologias e fornecimento de peças, acessórios e consumíveis

Solução completa para a floresta, a Ponsse Brasil entrega muito mais que máquinas de colheita florestal. A subsidiária brasileira da marca finlandesa se destaca no fornecimento de soluções completas para a colheita florestal, incluindo a venda de peças, acessórios, consumíveis, serviços de manutenção, treinamentos e ainda soluções digitais para seus clientes. 

"Nossa relação com as empresas florestais não acaba na entrega da máquina. Além de encontrar o melhor equipamento, também fornecemos peças de reposição, acessórios, consumíveis, como pneus e material de corte, sem contar os treinamentos e ainda as soluções digitais como o Ponsse Manager e o Multifleet by Ponsse. Ou seja, estamos presentes durante toda vida útil do equipamento, sempre ao lado do cliente para entregar uma solução completa", destaca o gerente de vendas e marketing da Ponsse Brasil, Rodrigo Marangoni.

Até mesmo na manutenção! A Ponsse Brasil possui equipes especializadas na manutenção das máquinas da marca em todo o país. Seja por meio de contratos Full Service, com equipe dedicada a apenas um cliente; com serviços sob demanda; ou ainda por meio do atendimento de nossos representantes, Timber e Sotreq Florestal.

Raio X completo

A equipe de atendimento da Ponsse é capaz de diagnosticar e entregar as melhores respostas para a máquina florestal da marca. Conhecendo a fundo cada componente, os mecânicos e toda a equipe de suporte no campo buscam sempre resolver os percalços com rapidez e assertividade, garantindo alta disponibilidade mecânica ao equipamento. 

"Uma máquina Ponsse possui em média 30 mil horas de vida útil e estima-se que dessas horas 10% sejam dedicadas à manutenção e troca de peças. Por isso, sempre recomendamos que é preciso utilizar peças e consumíveis originais ou homologadas pela fabricante para se extrair o máximo de potencial produtivo de cada equipamento, limitando o tempo de máquina parada", disse Marangoni. 

-----------------------------

Rodrigo Marangoni

Gerente de Vendas e Marketing

rodrigo.marangoni@ponsse.com

Documentos