Notícias e Releases

Navegação de categorias

Publicador de Conteúdos e Mídias

angle-left Ponsse registra aumento nos pedidos de máquina de colheita florestal
Voltar para

Ponsse registra aumento nos pedidos de máquina de colheita florestal

Investimentos no setor e aumento da demanda produtiva são fatores que impulsionam vendas de máquinas de colheita florestal

R$ 53,5 bilhões é a expectativa da Ibá (Indústria Brasileira de Árvores) de investimentos no setor de árvores plantadas no Brasil. Os valores representam uma injeção em toda a cadeia produtiva, fomentando desde a ampliação de áreas de cobertura florestal à consumo de serviços, veículos e maquinários. A Ponsse, marca finlandesa de soluções para colheita florestal no sistema corte no comprimento (CTL, na sigla em inglês), estima um incremento de 30% nas vendas totais quando comparada ao mesmo período de 2020.

“O aumento das vendas é impulsionado, principalmente, pelos grandes investimentos do setor no país. Os últimos 12 meses foram desafiadores. Os pedidos de máquinas chegaram a ter um pequeno recuo no segundo trimestre do ano passado, porém, com a retomada, registramos o aumento de 30% nas vendas totais e que chega a 45% quando se analisa a venda de máquinas isoladamente”, destacou Rodrigo Marangoni, Gerente de Vendas e Marketing da Ponsse no Brasil.

A Ponsse se estruturou para atender essa demanda no Brasil e hoje já emprega mais de 400 pessoas em todo o país e mantém cinco unidades nas cidades de Mogi das Cruzes (SP), Lençóis Paulista (SP), Belo Oriente (MG), Eunápolis (BA) e Telêmaco Borba (PR). A expectativa, segundo Rodrigo, é manter o ritmo de crescimento de vendas para os próximos anos, tendo em vista a potencialidade de expansão do mercado florestal no país.

As máquinas, que são totalmente importadas da Finlândia, onde fica fábrica da Ponsse, seguem a previsão de entrega de um ano, mesmo patamar anterior à pandemia. De janeiro a agosto de 2021, mais de 100 equipamentos foram importados para o Brasil, um montante de cerca de R$ 150 mi, “São valores que fazem crescer toda a comunidade das cidades onde possuímos unidades, gerando empregos e oportunidades”, disse Marangoni.

Desafios

A expansão das áreas florestais para atender a demanda da indústria por madeira aponta alguns desafios para a colheita florestal. Máquinas mais eficientes e com maior disponibilidade operacional estão no topo da lista de requisitos, sem contar a economia e a sustentabilidade.

A alta procura por eficiência, economia e resultado impulsiona o desenvolvimento de produtos cada vez mais tecnológicos, de alto rendimento e robustez, sobretudo nas operações brasileiras. “Temos no Brasil dois principais desafios que é a alta atividade operacional, onde se necessita de máquinas grandes e robustas e que suportem a intensidade da operação em questão de tempo, e as dificuldades operacionais, como é o caso das áreas declivosas, que demandam diferenciações técnicas para uma operação segura e sustentável”, destacou Rodrigo.

A especificidade do mercado nacional estimulou a criação de produtos voltados a atender o Brasil. Como exemplo, o mais novo cabeçote Ponsse H7HD Euca, lançado este ano; soluções de guincho de tração auxiliar para operações em declives; e forwarders com maior capacidade de carga.

 

 

Mais informações:

Mariana Rudek

comunicacao.bra@ponsse.com